Categoria: Dicas de Mudanças

Dicas de Mudanças

Decorando apartamento alugado

Todos temos o sonho de ter um cantinho nosso e que possamos deixar com nossa cara mudando o sofá de lugar, a cor das paredes, colocando quadros estilosos. Mas ai… BOOM! Você vai se mudar para um apartamento alugado. E agora?

Sabemos que quando alugamos um apartamento temos algumas restrições do que podemos fazer e mudar. O apartamento deve ser entregue da mesma maneira que você recebeu, com os mesmos pisos, azulejos, cores nas paredes, tudo igual. Nem por isso você precisa esquecer seu sonho de personalizar seu cantinho. Confira as dicas:

– Não podemos trocar de piso nem pintá-lo, mas nada nos impede de colocar um tapete lindo cobrindo aquele piso que você acha horroroso. Pode ser uma cor discreta ou listras que deixam qualquer ambiente charmoso.

 

– Para cobrir as janelas, você pode seguir a mesma linha da dica de cima. Coloque cortinas com cores que contrastem com o tapete, deixando o ambiente mais harmonioso. Em dias de sol, abra a cortina e deixe que o sol faça seu papel iluminando seu cantinho.

– Para aqueles que gostam de colocar a mão na massa na da decoração, temos papéis de paredes. Procure por aqueles que são fáceis de colar e de tirar para você não ter trabalho na hora de entregar o imóvel. Você pode dar vida nova às paredes de seu quarto, por exemplo.

– Invista nas texturas. Pegue almofadas de diferentes cores e texturas para deixar o ambiente mais colorido e estiloso. Você não precisa usar cores chamativas. Pode ser cores neutras, mas que com as texturas vão dar um toque diferente.

– Nada de furadeira! Temos uma tecnologia (abençoada) que nos permite colocar quadros lindos sem furar parede alguma. Em lojas de escritório ou papelarias você encontra uma massinha branca que você cola na parede e no objeto a ser pendurado. Super barato e fácil. (Essa “benção” se chama “massa adesiva para fixação” e possui várias marcas)

Objetos de decoração em cima dos móveis fazem toda a diferença. São pequenos detalhes que deixam o ambiente novo, estiloso e aconchegante. A decoração de sua cômoda ou penteadeira, por exemplo, pode ficar por conta de seus perfumes e maquiagens.

Já viu que imóvel alugado não é desculpa para ter uma casa chata e sem vida. Coloque a mão na massa e veja o resultado a surgir.

Be the First to comment. Read More
Dicas de Mudanças

Mudando de Estado

Já estamos carecas de saber que mudar requer muito planejamento, tempo, discussão, para saber o que é melhor, e dinheiro. Porém, se mudar de rua, de bairro ou para a cidade vizinha já é complicado, imagine mudar de estado.

Mudar de estado, pode significar que você vai de um local extremamente quente para um em que, em apenas um dia, você tem todas as estações. É o caso de quem muda da Bahia/Natal/Ceará para São Paulo. Mudando do Rio de Janeiro para o Rio Grande do sul, você pode ir de 30ºC na sombra, para C dentro de casa e neve na rua.

Uma loucura não? Ultimamente as temperaturas estão diferentes do que eram antigamente. O verão está ficando cada vez mais quente e o inverno cada vez mais frio em locais que antes tinham todas as estações definidas  e no tempo certo. Tudo por causa do tal Efeito Estufa.


Fora a mudança climática, que pode causar doenças como gripe até seu organismo se acostumar, a diferença cultural também está presente.

Devemos nos adaptar e, principalmente, respeitar a cultura de qualquer lugar em que estamos.
Você pode gostar de forró, mas no sul temos danças típicas como o vanerão. A festa junina é diferente, as comemorações são diferentes, a vestimenta das pessoas na rua e o sotaque também são diferentes. Isso não os difere em nada, só mostra quão grande e diversificado é nosso Brasil.

Deixando a mudança climática e cultural de lado, quem vai levar o carro que já tem para outro estado precisa fazer outra mudança: A placa.

O Código do Trânsito Brasileiro determina a expedição de um novo Certificado de Registro de Veículo em caso de transferência de localidade. Quem deixa de atualizar o cadastro e trocar a placa do veículo está cometendo uma infração leve. A multa é de R$ 53,20, fora os três pontos na carteira.

Para efetuar essa troca da placa, o proprietário do veículo deve ir até uma unidade de atendimento do município para fazer uma vistoria de identificação veicular. Antes de realizar a alteração, é preciso checar se o veículo tem débitos pendentes, como seguro obrigatório, IPVA ou multas. Se a dívida existir, ela deve ser quitada.

Os custos que você terá são com as taxas de transferência, de lacração e emplacamento, valores que variam de estado para estado.
Em São Paulo, a taxa de transferência custa R$ 163,63 para veículo já licenciado no ano em curso e R$ 235,88 para veículo ainda não licenciado. As despesas com taxa de lacração e emplacamento variam entre R$ 65,07 e R$ 177,42, a depender do tipo de veículo e placas.


Os documentos necessários para essa troca são: RG, CPF, comprovante de endereço, Certificado de Registro de Veículo (CRV) original, laudo de vistoria de identificação veicular, comprovante de pagamento de débitos (tributos, multas ou encargos) e duas vias originais preenchidas do formulário Renavam.

Por ser uma tarefa que pode demorar até um mês, é necessário pensar com antecedência.

Já escolheu seu novo Estado? Agora é só preparar a mudança no caminhão e colocar o pé na estrada para a nova vida.

Be the First to comment. Read More
Dicas de Mudanças

Será que meu filho vai se adaptar à nova casa?

Seu sonho é ter uma nova casa. Você está procurando um imóvel que se encaixe em suas necessidades, porém surgiu um problema: seu filho não está gostando nada da ideia de se mudar. Se para nós adultos, as vezes é difícil desapegar de algumas coisas, imagine para as crianças.

Crianças de até 3 anos, normalmente não tem nenhum problema com mudanças. Afinal, nessa idade alguns nem vão à escolinha ainda, então não terão que se despedir dos coleguinhas.

Uma das coisas que faz as crianças ficarem irritadas ou com medo de mudar, são as reações de seus pais. Elas são bastante sensitivas e absorvem tudo o que você passa. Nesse momento, você precisa passar segurança à seu filho, mostrar que tudo pode ser bem divertido.

Para que tudo seja tranquilo e dê certo, aqui vão algumas dicas de psicólogos:

  • Conte sobre a mudança utilizando alguma historinha que seu filho gosta. Mostre com livros ilustrados, com desenhos ou massa de modelar. Será um momento divertido para os dois.
  • Peça para seu filho ajudar a empacotar as coisas
  • Peça à criança para separar os brinquedos que querem levar para a nova casa em caixas coloridas, aquelas de plástico. Ela saberá que terão coisas divertidas mesmo saindo do lugar em que sempre morou.
  • Evitar fazer a mudança de imóvel junto a alguma mudança na vida deles. Se estão passando por um divórcio, se haverá mudança de escola, ou se é o período de tirar as fraldas, evite mudar de casa. Seu filho pode ligar a coisa à uma coisa ruim e isso pode se tornar um trauma. Mude nas férias se for necessário mudança de escola.
  • Crianças são as rainhas das perguntas. Sempre responda todas, não deixe elas com nenhuma dúvida. De novo, passe segurança.
  • Mostre as vantagens da mudança. Fale que terão novos coleguinhas, que o quarto poderá ter uma cor diferente, que a cama pode ser de seu personagem favorito. Use sua criatividade.

Mostrando à eles que não tem nada com que se preocupar e que mudar é um passo importante na vida de todos, o sucesso ao final de tudo está garantido. Lembre-se: Seu filho é seu espelho.

Acompanhe nosso blog semanalmente. Nós estamos também no Instagram @guiademudancas e no Facebook Guia de Mudanças.

Be the First to comment. Read More
Dicas de Mudanças

Avaliando empresas de mudanças

Ficar nervoso pensando em qual empresa contratar para fazer sua mudança é bastante comum. Sempre pensamos nos nossos bens que serão transportados e fica aquela dúvida se tudo ocorrerá bem, ou se algum eletrodoméstico chegará com riscos, um vaso quebrado e por ai vai. Por isso, fazer a escolha certa vai muito além do preço que é cobrado pela empresa.

Mudar de endereço exige bastante planejamento e organização. Os serviços que você deseja que sejam cumpridos, tem de ser pensados em todos os detalhes para garantir tranquilidade durante todo o processo.
É importante a empresa contar com uma equipe experiente e eficaz, que dedica atenção total para assegurar que seu patrimônio chegue impecável ao destino.

 

Antes de escolher a empresa, siga algumas regras para ter certeza de que fez a escolha certa:

  • Não escolha a empresa mais barata. As vezes você pode receber orçamentos de R$ 500,00 à R$ 2.000,00.
    Já pensou colocar no caminhão sua televisão novinha de 46’’, seu microondas e sua geladeira de inox e seu quadro favorito e, ao chegar ao destino, as coisas estão riscadas ou quebradas? O valor economizado não vai ser nem metade do necessário para fazer reparos e o prejuízo será enorme.

  • Procure saber se no Reclame Aqui não existem queixas sobre a empresa, ou mesmo no Facebook. Isso pode ajudar bastante a decidir qual o orçamento que melhor se encaixa em seu perfil e qual empresa te passa mais confiança.
  • Veja se possuem montadores de móveis. Chegar com o guarda-roupas desmontado e ter que ler o manual para montar certinho na nova casa pode dar muito trabalho.
  • Normalmente, ficamos em dúvida entre uma empresa A e uma empresa B. Peça para ambas fazerem uma vistoria em sua casa. Assim você poderá observar a equipe e ter uma ideia de como é o serviço oferecido.
  • Pergunte às empresas em quanto tempo elas entregam seus pertences. Ninguém merece ficar 15 dias numa casa sem sofá para sentar, mesa com cadeiras para comer e cama para dormir.

Sabemos que imprevistos sempre podem acontecer. Caso ocorra, sua consciência estará tranquila por saber que pelo menos a organização necessária foi cumprida e ai, poderá reclamar com a empresa e mostrá-los tudo o que foi combinado e ver o que poderão fazer para tentar cobrir os danos.

Continuem lendo nosso blog! Fazemos conteúdos especialmente para vocês que nos acompanham.

Be the First to comment. Read More
Dicas de Mudanças

Mudei. Como organizo minha casa?

Ficar perdido em meio a um novo ambiente, com todos os seus objetos encaixotados é perfeitamente comum.
Que tal deixar essa frase de lado e começar a organizar seu novo lar sem dificuldades?

Comece deixando cada caixa devidamente etiquetada em seus respectivos cômodos.

Os cômodos que recomendamos organizar primeiro são:

  • Quartos: Os quartos são importantes pelo simples fato de que mudança cansa e nada melhor do que, após um dia cansativo, deitar numa cama macia e ter um ambiente aconchegante, sem caixas empilhadas a sua volta.
    Procure organizar as roupas em seus respectivos guarda-roupas, gavetas e cômodas. Deixe cada objeto em seu novo lugar.

 

  • Cozinha: Com a cozinha organizada, assim que bater aquela fome vocês podem, rapidamente, ir para a cozinha e achar o espaguete, o molho de tomate, o queijo ralado e todos os pratos, talheres e panelas necessários para fazer esse almoço. No caso de falta de tempo, deixe uma mesa livre na cozinha para que possam pedir uma pizza, comida chinesa, mcdonald’s, qualquer coisa que evite o tempo de fazer o alimento.

A organização desses cômodos, provavelmente irá durar um dia todo, dependendo da quantidade de quartos existentes na casa/apartamento, por isso, deixe os outros cômodos para o próximo dia.

A lavanderia deve ser organizada já no segundo dia após a mudança, evitando o acúmulo de roupas sujas para lavar e, consequentemente, para passar.
Deixe uma área livre para colocar os varais para estender as roupas.

As salas de jantar e de tv podem ser organizadas no segundo dia também. Arrume as fotos no rack da tv e tire o pó de tudo. No meio da mudança, os móveis e objetos podem ter ficado com poeira e não queremos ninguém com crise alérgica por um pequeno descuido. Coloque a tv em seu devido local, não se esquecendo de cuidar para que os fios não fiquem a mostra. Ajeite as almofadas no sofá mais aconchegante da casa e a mesinha de centro em cima do tapete de pelinhos.

Partindo para a sala de jantar, organize as louças na cristaleira, assim como seus enfeites. Coloque uma toalha de mesa e um objeto, como um vaso, para decorar sua mesa de jantar e voilà. Tudo lindo e pronto.

Nos banheiros, não tem muito que organizar. Basta colocar papel higiênico, toalhas e sabonetes líquidos ou em barra para a higienização. Para a decoração, há pessoas que gostam de colocar tapetes e porta revistas. Use sua criatividade e decore de acordo com seu gosto.

 

Recomendo que a área externa da casa seja a última a ser organizada.
Lá pode estar o jardim, piscina e a garagem que, nesse momento de mudanças, não são as coisas mais importantes a serem feitas.

No próximo post, irei falar um pouco sobre a decoração da área externa da casa. Não deixem de acompanhar.

Be the First to comment. Read More
Dicas de Mudanças

Sou dono de uma empresa de mudanças. Como driblar a crise?

As empresas devem encarar momentos de crise sempre com o pensamento positivo. Vou usar o exemplo que um querido ex professor de Marketing (Professor Amaral) nos passou em uma aula: “Enquanto uns estão chorando por algo de errado que aconteceu, a empresa que fabrica lenços de papel está sorrindo com o aumento das vendas”.
Com esse exemplo percebi que, em momentos de crise, o mercado estará bom para o mais forte e persistente sempre. Ao invés de chorar por uma coisa que deu errada, corra atrás para que dez coisas deem certo.

Na crise, as empresas que não conseguem lidar com situações difíceis e se adaptar ao momento,desaparecem. As que permaneceram é porque usaram de sua inteligência para criar inovações, criar algo que seja atraente à seu público-alvo.

As vezes, sua empresa não consegue fechar uma mudança pela falta de preparo no pré-atendimento ao cliente. Esse é o momento mais importante para você. É o momento do “ou vai ou racha”.

Para o pré-atendimento, aqui vão algumas dicas:

  • Procure responder os e-mails de clientes pedindo orçamentos rápido e tirando todas as dúvidas. Assim eles saberão que sua empresa tem a agilidade e a responsabilidade que eles esperam que tenham com seus bens na hora da mudança.
  • Contrate alguém para atender os contatos telefônicos. Há empresas em que o filho de 5 anos atende os clientes e depois repassa para o responsável. Isso mostra que a empresa não possui a infraestrutura nem para o pré-atendimento, imagine para fazer a mudança efetivamente.

Se mostrarem competência e preocupação em atender bem nessa hora, estarão dois passos à frente de outras empresas.

Empresas familiares devem tomar bastante cuidado. Sabe aquele ditado “Amigos, amigos. Negócios à parte”? Ele se encaixa perfeitamente aqui. Alguns parentes não são produtivos e pensam que por ser uma empresa de família eles nunca serão cobrados nem demitidos. Ai está o erro. Cobre todos os que não estão dando bons frutos para sua empresa, aqueles que fazem o serviço pela metade, com má vontade.Cobre todos independente da relação familiar ou amigável que tenham.
O mercado está competitivo demais. É necessário profissionalizar a empresa e exigir competência de todos.

Sabe o capitão? Imagina que ele está vendo uma onda chegar perto do navio e espera que isso aconteça para tomar alguma atitude. O navio pode afundar.
Ele nunca espera isso acontecer para jogar botes e tentar salvar uma parte da tripulação. Antes mesmo da onda atingir o navio, o capitão desvia sua rota para que não seja atingido.

Seja um capitão. Planeje tudo o que pode acontecer e o que fazer caso o pior aconteça. Empresas preparadas quase não sofrem em crises. Tenha bem claro os objetivos e a visão da empresa. Desenvolva um planejamento e faça revisões desse plano a cada bimestre para sempre estar atualizados de forças externas e internas.

Navegue com prevenção e fuja da crise!

Gostou da matéria? Semana que vem tem mais. Acompanhe por aqui, pelo nosso facebook https://www.facebook.com/guiademudancas/ e pelo Instagram @guiademudancas

Be the First to comment. Read More
Dicas de Mudanças

Como evitar aborrecimentos na mudança

Mudança não costuma ser uma tarefa muito fácil.

 

Muitas vezes acabamos deixando tudo para última hora e, no caso de mudanças, não é diferente.

 

A falta de organização pode nos atrapalhar muito nessa hora. O número de coisas pode ser maior do que o número de caixas para empacotar, o tempo gasto pode ser muito maior do que o esperado e ainda corremos o risco de não achar o que precisamos na chegada a nova casa e lá vai tempo abrindo as caixas até achar o bendito espremedor de batatas para preparar o purê.

 

Por isso, separamos algumas dicas para deixar sua mudança mais “zen”, sem dores de cabeça.

1- Faça uma lista descrevendo todos os itens que serão transportados. Assim, quando a mudança chegar ao seu novo endereço, saberá se não está faltando alguma coisa.

2- Arrume as roupas de toda a família em malas de viagem. Elas podem ser transportadas em seu carro mesmo ao invés de ocupar espaço no caminhão da mudança. Isso diminuirá o tempo de empacotar e a mão de obra paga será menor.

3- Antes de mudar, peça a troca de endereço de todas as correspondências para evitar que alguma fique perdida e atrase o pagamento. Nessa época de mudanças não se pode perder dinheiro por besteira.

4- Empacote por cômodo e escreva em cada caixa o nome do mesmo (exemplo: cozinha). Assim, cada caixa será levada ao local certo quando chegar ao destino. Fica muito mais organizado e, com certeza, você economizará seu tempo na hora de arrumar tudo na nova casa.

 

 

5- Peça para o responsável pela mudança fazer uma vistoria na casa. Afinal, não queremos ser pegos de surpresa por um piano não passar pela porta, ou até mesmo por uma mesa ser maior do que o esperado.

6- O item mais importante de todos: Não se esqueça de verificar os horários disponíveis para mudanças. Notifique os responsáveis do condomínio e não deixe para última hora para que tudo ocorra bem.

Seguindo essas 6 dicas, tenho certeza de que a mudança será menos cansativa e, além disso, terá um custo menor do que mudar sem organizar tudo antes. O princípio de todo sucesso é a organização. Organize-se!

 

Gostou? Continue lendo nosso Blog! Toda semana tem matéria nova.

Be the First to comment. Read More
Bitnami